Jojo Todynho é barrada pela Justiça após pedir silêncio de Val Marchiori
25/10/2023

PUBLICIDADE

Justiça nega pedido de Jojo Todynho para proibir comentários de Val Marchiori sobre ela. O juiz responsável pelo caso argumenta que Jojo é uma pessoa conhecida e, portanto, não pode ter restrições à liberdade de expressão. Porém, o juiz ressalta que isso não dá à Val o direito de expressar preconceitos ou ofender a dignidade da requerente. Jojo também pede uma indenização de R$ 50 mil por comentários negativos sobre seu corpo.

O processo continua em andamento, com uma audiência de conciliação marcada para 12 de fevereiro de 2024. As representantes das duas famosas não se manifestaram até o momento. A polêmica entre elas começou em agosto, quando Val fez comentários gordofóbicos e piadas sobre o desempenho sexual de Jojo em um podcast.

PUBLICIDADE

AD