CORPO DE MULHER É ENCONTRADO DENTRO DE BUEIRO: O mistério do desaparecimento chegou ao fim… Ver mais…
27/10/2023

PUBLICIDADE

Maria Carolina Almeida Vieira, de 27 anos, que estava desaparecida há mais de três meses, foi encontrada morta em um bueiro, em Santa Bárbara d’Oeste, interior de São Paulo.

A vítima estava sumida desde o dia 19 de setembro. Entretanto, uma equipe de manutenção da rede de gás encontrou o corpo de Carolina, que já estava em avançado estado de decomposição.

Dessa, o autor do crime desovou o corpo de Carolina em uma via pública movimentada, no meio de um cruzamento e próximo a uma escola infantil.

José Albert Menezes, de 24 anos, suspeito de ser o autor do feminicídio, foi localizado menos de 24 horas depois do encontro do cadáver.

PUBLICIDADE

Porém, Ele confessou o assassinato da namorada.

O acusado matou Carolina por asfixia e a jogou dentro de um bueiro

José Albert, foi detido em seu local de trabalho, um estabelecimento comercial situado no Jardim Pérola. De acordo com o depoimento, os dois discutiram na noite do dia 18 de setembro e ele a matou por asfixia. Em seguida, pegou o corpo, andou cerca de 30 metros e jogou dentro de um bueiro, entre as Ruas do Chá e do Couro, local próximo à residência do casal.

A motivação do crime que ceifou a vida de Carolina de uma forma tão cruel

Conforme o depoimento do acusado, A motivação do crime, seriam as constantes traições cometidas por parte da vítima. Porém, Apesar das inúmeras brigas, Carolina não registrou queixa contra o companheiro. Logo, encontraram o corpo na mesma rua que o casal morava.

A polícia prendeu José Albert, que vai responder por feminicídio e ocultação do cadáver.

PUBLICIDADE

“Em 31 anos de polícia, nunca me deparei com isso. Uma ocultação de cadáver dentro de uma galeria pluvial [esgoto], realmente é bem incomum”, contou Gabriel Toledo, delegado.

A violência contra a mulher é um problema grave que ocorre em todo o mundo, em todos os níveis sociais e econômicos.

É importante lembrar que a violência contra a mulher é um crime e que as mulheres não estão sozinhas. Portanto, Existem diversas organizações que oferecem apoio às mulheres vítimas de violência.

Por fim, Se você ou alguém que você conhece está sendo vítima de violência contra a mulher, procure ajuda. Você não está sozinha.

PUBLICIDADE

AD